Terça, Fevereiro 20, 2024

A Logway é uma empresa formada por profissionais capacitados e experientes em pontos importantes das transações internacionais de mercadorias. Com uma proposta inovadora, a empresa oferece serviços que vão além das necessidades de um operador logístico tradicional, destacando-se por sua atuação eficiente e imparcial em todos os serviços prestados.

Saiba Mais

Exportadores de calçados brasileiros escolheram os países nos quais farão promoção comercial no próximo biênio. Entre os prioritários, estão os Emirados Árabes Unidos e entre os secundários, a Arábia Saudita.

100323 calcados arabiaSão Paulo – Os exportadores de calçados brasileiros escolheram os mercados-alvo para a promoção dos seus produtos no próximo biênio e incluíram dois países árabes entre eles. Emirados está entre os prioritários e Arábia Saudita entre os secundários. Os mercados são escolhidos a cada renovação de convênio da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) com a Agência Brasileira de Promoção das Exportações e Investimentos (ApexBrasil), entidades que mantêm o Brazilian Footwear, programa de internacionalização do setor calçadista.

Os países prioritários escolhidos para o biênio 2024-2025 foram Estados Unidos, Colômbia, Chile, Emirados Árabes Unidos, Alemanha e Angola. Os mercados-alvo secundários, que serão trabalhados para entendimento e prospecção para ações futuras durante dois anos, são Arábia Saudita e Austrália.

Considerado estratégico por ser um reexportador para os demais países árabes, os Emirados Árabes Unidos têm grande potencial de mercado para o Brasil, que hoje responde por apenas 0,3% das importações de calçados do país árabe. O elevado preço médio do calçado consumido lá (US$ 66,30) é outro atrativo para as exportações. Em 2022, foram exportados para os Emirados 1 milhão de pares de calçados brasileiros, que geraram US$ 9 milhões, resultados superiores tanto em volume (+4,6%) quanto em receita (+34,6%) ante 2021.

Os Estados Unidos foram eleitos para consolidação do mercado, já que são historicamente o principal destino do calçado brasileiro no exterior. A Colômbia caiu três posições no ranking de destinos do calçado brasileiro no exterior, de 5º para 8º destino, e é considerada um mercado relevante para o calçado brasileiro, principalmente para empresas que estão menos adiantadas no processo de exportação. O Chile é o quarto principal destino do calçado do Brasil, e sua escolha visa a abertura estratégica desse mercado que tem potencial para comprar ainda mais.

A Alemanha é a principal importadora de calçados do Brasil na Europa e a segunda maior do mundo, mas o Brasil representa apenas 0,1% das importações totais do setor, portanto há grande potencial para crescimento. A Angola é o principal mercado africano para o calçado brasileiro e além de ser estratégica para a expansão no continente, tem 32% de suas importações do setor provenientes do Brasil, perdendo apenas para a China. A projeção de crescimento no país é de 2% ao ano até 2024.

Os mercados-alvo escolhidos serão impactados por ações comerciais e de imagem do programa de exportação para o próximo biênio. No escopo do projeto, que subsidia ações de internacionalização físicas e digitais, estão feiras internacionais, missões comerciais, plataformas virtuais de conexão com compradores estrangeiros, capacitações para a exportação, iniciativas de promoção de imagem com influenciadores, promoção do programa Origem Sustentável, entre outras iniciativas.

O Brazilian Footwear conta com cerca de 300 empresas associadas que respondem por quase 80% do total gerado pelas exportações brasileiras de calçados. “Elas estão em estágios diferentes de internacionalização, sendo que a escolha dos mercados leva em consideração as diferentes estratégias para abertura, manutenção e ampliação dos embarques em diferentes países”, disse em nota a gestora de Projetos da Abicalçados, Letícia Masselli.

A decisão para o biênio 2024-2025 ocorreu em reunião virtual no último dia de fevereiro e contou com a participação de representantes da Abicalçados, ApexBrasil e empresários exportadores associados ao Brazilian Footwear. “Trata-se de uma escolha cuidadosa, minuciosamente planejada pelos departamentos de Inteligência de Mercado da Abicalçados e ApexBrasil, que colocam os principais mercados de cada continente para votação entre os empresários participantes”, disse Masselli, em nota.


Veja também

FONTE: https://anba.com.br/emirados-estao-entre-mercados-alvo-de-calcados-do-brasil/
AUTOR: Da Redação - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Compartilhe com seus contatos
Pin It

EM DESTAQUE

06 Abril 2023

O Comitê Executivo de Gestão (Gecex) da Câmara de Comércio Exterior (Camex) atualizou os critérios para empresas que podem receber o Programa de Financiamento às Exportações-Proex na modalidade financiamento, com o objetivo de ajudar mais empresas a serem elegíveis e aumentar a competitividade das vendas externas do Brasil. A decisão foi tomada em uma reunião em Brasília e começa a valer a...

28 Março 2023

A balança comercial brasileira da quarta semana de março teve um superávit de US$ 1,27 bilhão - resultado do valor das exportações menos o total de importações do país, em determinado período. Na última semana do mês, as vendas de empresas brasileiras ao exterior totalizaram US$ 6,276 bilhões e as compras de itens estrangeiros chegaram a US$ 5,006 bilhões. No acumulado de março, os embarques ao...

22 Março 2023

O trabalho desenvolvido pela comitiva do Ministério da Agricultura e Pecuária na China precede a visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e demonstra a importância do país asiático para as exportações agrícolas brasileiras, na avaliação do ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro. O ministro embarcou nessa segunda-feira (20) com destino a Pequim e a previsão de chegada é na...

TAXA FISCAL DOLAR E EURO

ESPECIAL PARA VOCÊ!

NÃO PERCA EM NOSSO SITE

O estudo inédito "Mulheres no Comércio Exterior, Uma Análise para o Brasil" lançado nesta quinta-feira (6/4) pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC) mostra que 2,6 milhões dos empregos nas firmas que atuaram no comércio exterior, em 2019, foram ocupados por mulheres.

Expertise em Comex

Bem-vindo(a) a Logway, é com muito prazer que recebemos sua visita a nosso website. Desde já sinta-se totalmente a vontade em interagir conosco, tendo ciência de que dispensamos aos nossos clientes, parceiros e demais interessados toda atenção necessária.

Somos uma empresa formada por profissionais capacitados e experientes em pontos importantes das transações internacionais de mercadorias. Oferecemos uma proposta inovadora e serviços que vão além das necessidades de um operador logístico tradicional, focando principalmente na eficiência e imparcialidade em todos os serviços prestados.

Logway traz aos seus clientes um plano de serviço especializado, baseado em padrões normativos nacional e internacional, que permite um adequado planejamento na realização, avaliação e correção com melhoria contínua dos processos aduaneiros realizados.

Primeira vez que libera uma remessa? Não se preocupe, vamos facilitar.

Reserve 2 minutos para ver como funciona nosso serviço de despacho aduaneiro.

Como funciona >